Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Dr Marcio quer transformar Telêmaco em polo regional - Rádio Itay 88 FM

Dr Marcio quer transformar Telêmaco em polo regional

Prefeito de Telêmaco Borba destaca investimentos e parcerias realizadas no município, com ênfase na Saúde e na expansão urbana.

Há dois anos no comando da Prefeitura de Telêmaco Borba, Dr. Márcio Matos traçou um objetivo ousado para a gestão: fazer do município um polo de desenvolvimento e referência regional. Para atingi-lo, o líder do Executivo aposta na estruturação da área da Saúde e na expansão urbana – com o apoio de entidades, do governo do Estado e da própria Klabin.

Em entrevista ao portal aRede e ao Jornal da Manhã, Dr. Márcio destaca alguns pontos já realizados pela atual gestão em relação à Saúde Pública e também na estruturação do município, como reformas de praças, colégios e ginásios de esportes.

Apesar da distância para as eleições municipais, o prefeito parece estar convencido de que irá disputar a reeleição. O objetivo é seguir com o plano de desenvolvimento atual. Para isso, sabe que precisa reestruturar o partido em nível municipal e também contar com o apoio de outras legendas.

Qual o investimento realizado no município que o prefeito considera como destaque da gestão?

Dr. Márcio Matos: Desde que assumimos, fizemos grandes investimentos em asfalto, na Saúde, na recuperação de praças públicas, na iluminação e outras áreas estruturais. Tínhamos aqui em Telêmaco, por exemplo, um total de 14 praças praticamente abandonadas. Entramos nestes locais com a revitalização, colocando equipamentos de lazer para as crianças e iluminando as praças. São 12 praças já concluídas e temos mais duas para terminar. Os ginásios de esportes, tínhamos de seis a sete abandonados. Em dois deles já recuperamos totalmente a parte interna, só faltando a parte externa. Outros cinco vamos começar agora e já estamos com verbas destinadas. Temos também o minicentro esportivo que iremos iniciar este ano a recuperação do gramado, do campo de futebol em si, para depois fazer a revitalização de todo espaço. Pretendemos colocar ali um time semiprofissional daqui pra frente.

Na cidade também tínhamos de sete a oito escolas em construção ou em reforma que estavam paralisadas, tanto CMEIs como de Ensino Fundamental. Estamos inclusive com uma cobrança do Ministério Público por conta destas vagas escolares. Então vamos retomar estas obras este ano, daqui dois meses. São sete ou oito escolas, entre reformadas e novas. Também estamos fazendo aqui a cobertura de quadras esportivas nas escolas, um total de quatro quadras.

Tudo isso acontece por estamos dando uma tenção relativamente grande aos bairros, com obras de pavimentação e a reconstrução de uma série de sedes de associações de bairros. Até o final do ano teremos de oito a 10 unidades recuperadas.

JM: E como estão estes trabalhos em relação à pavimentação?

Dr. Márcio: Em termos de asfaltamento nas ruas da cidade, fizemos um trabalho de um ano e meio para cá que resultou em 68 quilômetros de asfalto, entre ruas pavimentadas e recapadas. E estamos nos preparando para chegar no mês de setembro com mais 53 quilômetros de asfalto, ultrapassando a marca de 100 quilômetros em pouco mais de dois anos de trabalho.

JM: O prefeito acumula também uma carreira profissional como médico e possivelmente esta questão possa resultar em olhar mais especial para a área da Saúde. Existe este trabalho específico no setor?

Dr. Márcio: Eu, por ser médico, não poderia deixar de olhar para a Saúde. Estamos fazendo um grande trabalho na área, inclusive ao lado da Associação dos Municípios dos Campos Gerais, com o convênio de atendimento médico. Mas na cidade, desde o ano passado, fizemos a recuperação do pronto-atendimento. Fizemos a reforma total e estamos preparando ele para já estar funcionando em um andar. No outro andar, pretendemos implantar um ambulatório em parceria com o [Grupo] Erasto Gaertner para atender a população.

Tivemos também a recuperação da UPA. Em 2016, o investimento da Prefeitura na unidade era de R$ 33 milhões. Em janeiro de 2017, quando assumimos, ampliamos os atendimentos de 3,5 mil para 5,5 mil pessoas e os investimentos para R$ 55 milhões. É um trabalho de projeção, principalmente no campo da Saúde. Na UPA também estamos fazendo alguns reparos que devem ser concluídos em três ou quatro meses.

Em Telêmaco temos o Hospital Regional que pretendemos fazer com que ele funcione como atendimento materno-infantil. Ontem mesmo [segunda-feira, 7 de janeiro] estive com o Secretário de Saúde do Estado estudando uma maneira de colocar em funcionamento. Como é infantil, seria interessante que estivesse ligado ao Hospital Regional de Ponta Grossa, em uma parceria direta na administração e um convênio com a faculdade de Medicina da UEPG, no sentido de aproveitar os profissionais da área da Saúde. Telêmaco Borba tem um potencial grande. Podemos fazer com que aqui seja um centro médico de suma importância para toda a região.

JM: O senhor citou a parceria com a AMCG. Como estão os trabalhos de apoio com outras instituições para o município?

Dr. Márcio: Estamos juntos com a AMCG, a Klabin… Um deles é o desenvolvimento de um local para fazer a reposição dos resíduos sólidos. É uma coisa importante e que precisa ser resolvida juntamente com outros municípios da região. Junto à Klabin, projetamos uma expansão urbana do município. Também nestes dois anos conseguimos, através da Sanepar, fazer com que todo o sistema de esgoto fosse retomado. Conquistamos junto ao Governo do Estado um investimento de mais de R$ 60 milhões para a questão do esgoto.

JM: Como o senhor projeta essa relação com o governo do Estado após essa mudança de gestão?

Dr. Márcio: Nós sempre tivemos uma boa relação com o Estado. Conseguimos uma série de investimentos e reformas em importantes, inclusive essa verba da Sanepar. Com o governo do Ratinho Junior ainda não tivemos a oportunidade de conversar pessoal com ele, pois estão organizando a estrutura. Mas vamos avaliar o que podemos fazer em conjunto e apresentar nossas situações, principalmente na área estadual da Saúde. Mas sempre tivemos uma boa relação, tanto nos tempos do Beto Richa quanto da Cida [Borghetti]. Estou bastante satisfeito com o apoio do Estado. Tenho impressão que vamos ter esse trabalho ampliado. Mas não podemos ficar só na dependência [de recursos] do Estado ou do país.

JM: E sobre o anúncio do deputado Sandro Alex como secretário de Estado. O senhor acredita que essa relação pode ser intensificada?

Dr. Márcio: Vai ajudar bastante porque é um secretário da região e uma pessoa que tem uma relação muito grande conosco. Vejo como um momento muito interessante. Vamos precisar dele em alguns trabalhos, como agora na regulamentação fundiária. Em 54 anos de Telêmaco Borba, fizeram apenas 20 regulamentações. Conseguimos com o governo do Estado os documentos para 750 famílias este anos e mais 750 para o ano que vem. São 1,5 mil propriedades documentadas que vamos colocar no cadastro da prefeitura. É uma receita a mais e um dever a mais. Outro desafio grande tem que temos ao lado de alguns municípios é a questão do aterro sanitário em conjunto. Precisamos da participação da Sanepar e do Governo do Estado. Com um representante no governo, a facilidade pode ser maior.

JM: O prefeito já tem planos para as eleições de 2020?

Dr. Márcio: Aqui em Telêmaco existem vários partidos, mas muitos estão desestruturados. Vamos pegar o PDT e unir com o grupo da Prefeitura, que conta com outros partidos. Agora, com essas modificações, alguns podem desaparecer, enquanto outros podem surgir. Não adianta disputar a eleição com um monte de partidos… Eles precisam ser fortes e fazer surgir também um grupo de vereadores. Eu acho que essa questão partidária vai trazer uma modificação muito grande na política. Mas pretendemos sim disputar a reeleição, sem dúvidas. Fizemos um bom trabalho e vejo que a população clama pela continuidade dele. E também temos esse desejo de trabalhar no sentido de fazer com que a cidade se torne um novo polo regional.

 

Fonte: Portal aRede

Deixe seu comentário:

Desenvolvido por Anderson Lucas © 2019 - Todos os direitos reservados a Rádio Itay 88FM