Pedido de Música

Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tibagi realiza última Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa - Rádio Itay 88 FM

Tibagi realiza última Campanha de Vacinação contra Febre Aftosa

CAMPANHA DE VACINAÇÃO CONTRA FEBRE AFTOSA ACONTECE ATÉ O FINAL DE MAIO

A campanha de vacinação contra febre aftosa está acontecendo durante todo o mês de maio, sendo obrigatória para bovinos e búfalos com até 24 meses de idade, inclusive bezerros recém-nascidos. O Técnico em Agropecuária da Adapar em Tibagi, Leandro Assunção de Souza, falou um pouco mais sobre a campanha: “A ADAPAR vem divulgar a campanha de vacinação da febre aftosa, que vai do dia primeiro até dia 31 de maio, e comunica aos produtores rurais que a vacinação está na reta final, que faltam alguns dias para o término do prazo; essa é a última vacinação no estado do Paraná, pois o estado vai entrar como área livre sem a vacinação de febre aftosa, acatada pelo Mapa, por já está oficialmente livre da vacina”

Como citado por Leandro Assunção, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em reunião no final de abril de 2019, na cidade de Curitiba, aprovou a antecipação da retirada da vacina de febre aftosa no estado do Paraná, mediante aceitação de todos os participantes que estiveram na reunião, entre os presentes, estavam o Bloco V (RS, SC, PR, MS e MT) do Programa Nacional de Erradicação da Febre Aftosa (PNEFA) e representantes do setor privado.

O que é Febre Aftosa?

Segundo o Ministério da Agricultura, “A febre aftosa é uma doença infecciosa aguda que causa febre, seguida do aparecimento de vesículas (aftas), principalmente, na boca e nos pés de animais de casco fendido, como bovinos, búfalos, caprinos, ovinos e suínos. A doença é causada por um vírus, com sete tipos diferentes, que pode se espalhar rapidamente, caso as medidas de controle e erradicação não sejam adotadas logo após sua detecção.”
A transmissão da doença acontece pela movimentação de animais, pessoas, veículos e outros objetos como calçados, roupas e mãos das pessoas que lidaram com animais doentes também podem transmitir o vírus.

Alteração da dosagem da vacina no Paraná

A dose da vacina diminuiu de 5 ml para 2 ml, a dosagem é a mesma independente da idade, tamanho e peso do animal. Após a aplicação da vacina, é necessária que o pecuarista comprove a vacinação ou pela Unidade Local da ADAPAR, levando o Comprovante de Vacinação e a Nota Fiscal de compra da vacina, ou online, pelo site www.adapar.pr.gov.br.

Giuliana Moura para Itay 88 FM

Deixe seu comentário:

Desenvolvido por Anderson Lucas © 2019 - Todos os direitos reservados a Rádio Itay 88FM